Dia 7: A crise

A internet está cheia de pessoas falando sobre a famosa crise dos 20 e poucos anos. Apesar de parecer algo comum entre os jovens de hoje, essa tal crise parece ser algo que não acontece com todo mundo. Posso estar errado e falando um monte de merda aqui, mas no meu ponto de vista tem muita gente por aí que não tem nem ideia que essa crise possa realmente existir.

Eu confesso que duvidava também, até vivenciar tudo isso. Tem que ter muito pulso firme para não surtar, viu? Mas não estou falando aqui de algo insuportável de lidar, pelo contrário, é algo “comum” e que no fim das contas até pode te ajudar a evoluir.

capavinteanos

Eu não sei explicar muito bem como tudo isso funciona, então vou tentar expressar mais ou menos como é comigo. No meu caso, tudo parece uma grande confusão, sabe? Tenho a sensação de que não estou saindo do lugar, como um cachorro correndo atrás do próprio rabo. É dessa forma que me sinto, correndo e correndo sem chegar a lugar nenhum.

Os amigos com quem tenho conversado me garantiram que tudo isso é efeito do meu Trabalho de Conclusão de Curso, algo que tem me preocupado muito esse ano. Mas nem tudo são trevas. Claro que tem dias em que fico martelado essa sensação de estar perdido o dia todo. Em outras vezes, nem ligo e faço as coisas da maneira mais tranquila possível. Aí na manhã seguinte tudo parece desmoronar.

Essa semana uma amiga perguntou se eu me sentia infeliz. Não, nem um pouco. Mas também não soube explicar como me sentia. Sei lá… É complicado demais essa fase.

No fim das contas, eu venho tentando melhorar cada vez mais, tento não me preocupar tanto e fazer tudo o que precisa ser feito com calma e sem sofrimento. Eu realmente espero que com a finalização do meu TCC tudo mude. Até lá eu preciso aguentar e não enlouquecer.

É basicamente como acontece em o “Diabo Veste Prada”. No filme, a Andy precisava aguentar trabalhar na Runway por um ano para então poder ir atrás dos seus sonhos. Assim estou eu. Preciso superar esse TCC por mais cinco meses e depois sim, estarei livre para correr atrás dos meus sonhos.

that is all the devil wears prada GIF

Eu juro que não queria transformar isso em uma espécie de diário sobre meu TCC, mas é inevitável.

Tchau!

Advertisements

Dia 6: Algo aconteceu

Greve rolando, falta de tempo e falta de vontade, esses foram os motivos que fizeram com que eu sumisse dois dias seguidos. Eu sei que é chato, mas tem dias em que a última coisa que eu quero é escrever, não que eu não goste do que faço, mas é que as vezes cansa mesmo, e nessas horas é melhor sair e tomar um café.

9

A semana foi bem corrida, eu fiz tanta coisa que estou agradecendo a Deus que amanhã é sexta-feira, e eu não consigo pensar em outra coisa para esse final de semana que não seja ler minhas revistas e terminar as minhas séries. Eu realmente espero que isso aconteça, por que é a minha cara planejar uma coisa e fazer outra. Voltando ao assunto TCC, por enquanto está tudo sobre controle, agora eu preciso focar em outras coisas importantes e essenciais para a conclusão do curso. E quanto antes eu começar, melhor.

Na terça-feira ganhei um livro muito bacana de uma amiga, o livro se chama “O evangelho segundo o espiritismo”, já comecei a ler e estou adorando conhecer mais desse universo, quem sabe eu não falo mais sobre isso aqui qualquer hora, não vou prometer, mas quem sabe né.

Essa semana eu também recebi meu primeiro comentário aqui no blog, fiquei feliz de saber que tem alguém lendo meus relatos. Afinal essa era a ideia né? Criar um lugar para que eu possa falar do meu dia a dia e volta e meia trazer uns assuntos mais legais e elaborados. Eu realmente espero que vocês estejam gostando!

Tchauuuu!

 

Dia 5: Nara Almeida

Comecei a semana pensando com otimismo e fé, de que tudo já deu certo! Mas logo fui surpreendido com a notícia do falecimento da Nara, uma modelo e influencer que a cerca de um ano lutava contra um raro câncer no estômago. Claro que a notícia da morte de uma moça de 24 anos deixa qualquer um triste, mas a Nara nos ensinou tanto que sentir pena e lamentar é não respeitar a sua história.

Impossível achar um exemplo maior de fé e otimismo, nesses últimos meses, quem acompanhou seu tratamento pode ver de perto cada vitória e cada derrota da jovem, mas em momento algum ela deixou de acreditar, sempre positiva e confiante Nara nos ensinou muito e fez muita gente abrir os olhos para o que realmente vale a pena nessa vida.

1508954566038

Você já agradeceu por acordar mais um dia vivo e saudável? Pois é, a Nara comemorava como ninguém os dias em que acordava podendo respirar sozinha, ou quando podia dar pequenos passos pelo quarto. Claro que a notícia de sua morte comoveu a todos, mas além disso a Nara foi uma guerreira e nunca deixou de acreditar que sairia dessa batalha vitoriosa, e é essa sua mensagem, otimismo, fé, amor pela vida seja ela como for.

Eu gosto de pensar que anjos como a Nara vem ao mundo e passam por determinadas situações para mostrar ao restante das pessoas que a vida vale muito mais do que você pensa, de que a vida não tem só a ver com dinheiro e status. A vida é bem mais que isso, é amor, amizade, carinho, otimismo e uns pelos o outros. A vida é você poder acordar e se olhar no espelho e pensa “Cara, eu tenho exatamente tudo para ser feliz”.

Nara Almeida lutou como ninguém, mas chegou a hora desse anjo descansar, sua missão de deixar uma mensagem positiva na terra foi cumprida.

Dia 4: Domingo

Todo domingo é sempre a mesma coisa, o fim de semana acabando, mais uma semana pela frente e tudo parece meio melancólico, mas acredito que tudo vai de acordo de como você encara a vida. Se você achar que ainda está cansado e que a semana vai ser ruim, as chances de isso realmente acontecer são grandes. Então, nesse caso a melhor maneira é encarar tudo com otimismo!

Meu dia foi normal, acordei tarde, almocei tarde, dormi um pouco durante o dia e continuei a trabalhar no meu TCC, agora estou mais tranquilo, já tenho tudo mais ou menos encaminhado na minha cabeça, só falta alguns ajustes e mais um pouco de texto.

Sobre a festa de ontem, não foi uma das melhores, mas estávamos entre amigos então valeu a pena. A aniversariante da noite, aproveitou como ninguém, ela sim se divertiu muito apesar do frio e de todo o resto.

Sem grandes emoções, essa é definição para o final de semana. A não ser pelo casamento real que movimentou o mundo inteiro. Olhando pela perspectiva da moda, gostei de tudo, desde os convidados até o vestido da noiva, que não era nada extravagante e sim muito elegante, o príncipe, agora duque de Sussex também estava muito bem vestido, um belo casal.

A parte divertida disso tudo é ficar olhando os chapéus que as mulheres costumam usar, alguns passam de todos os limites de tão exóticos. Mas no frigir dos ovos realmente foi um casamento que vai ficar na história por vários motivos, principalmente  aqueles mais polêmicos que envolvem os protocolos e tudo que cerca a história da monarquia.

mundo-casamento-real-harry-meghan-markle-20180519-0043-copy

Espero que essa seja uma semana produtiva e tranquila. Foco, fé e força, essa frase faz todo sentido para esta semana.

Tchau!

 

Dia 3: winter is coming

O frio finalmente começou a aparecer, acordei cedo com vento e chuva na janela, foi difícil pegar no sono novamente, mas eu consegui. Hoje foi um daqueles dias preguiçosos que nem da vontade de sair da cama, mas eu não tinha escolha, afinal meu TCC não iria se escrever sozinho, então driblei a preguiça e passei a tarde toda na frente do computador.

Vintage-Typewriter-HQ-1920

O dia até que foi produtivo, avancei bastante nas pesquisas e no texto, mas ainda tem muito mais para escrever, e que Deus me ajude. Como todo mundo espera alguma coisa de um sábado a noite, e eu espero me divertir. É aniversário de uma das minhas melhores amigas e vamos em uma festa, apesar do frio que já está fazendo espero realmente que seja uma noite divertida.

Eu não sou a melhor pessoas pra sair no frio, sou mais ficar em casa, apesar de gostar muito de festas, mas hoje é um dia especial e vale o esforço.  Ah, ontem comecei a ler um livro novo, chama “O milagre da manhã”, ainda não li muita coisa, mas parece bastante interessante, uma outra hora falo mais dele aqui.

Nove horas, vou comer algo, assistir um pouco da novela, e me arrumar, amanhã conto como foi a festa.

Tchau!

PS: To achando chato ficar falando do meu TCC aqui toda hora, mas é uma maneira que encontrei para não me estressar tanto, conto com a compreensão de todos.

Dia 2: Cala a bocaaa

Que semana, que dia. Finalmente acabou, estou quase para dizer que essa foi uma das semanas mais difíceis até agora. Meu Deus, parecia que nunca ia acabar, mas acabou e estou em casa. Ontem foi um dia péssimo, estressante e desesperador, hoje foi um pouco melhor, acordei de bom humor e tive um dia extremamente produtivo, amém!

Tentei não pensar no meu TCC durante o dia, apesar de ter programado todo o fim de semana para escreve-lo. Me dei ao luxo de não esquentar a cabeça com ele hoje, resolvi descansar e me dedicar de corpo e alma amanhã, afinal de contas depois dessa semana nada mais justo que algumas horinhas pensando em nada.

Mas não foi só meu dia que foi uma loucura, conversei com uma amiga hoje que precisou gritar para pôr para fora toda a fúria de uma sexta-feira insana. Com certeza deve ter sido o grito mais libertador do mundo, um grito que ecoou tanto que deu até nome para o meu post de hoje.

alanis-morissette-499-748x410

Na playlist de hoje, só tocou Alanis Morissette, fazia muito, mas muito tempo que não ouvia, nostalgia total. Em resumo posso dizer que tive um dia OK, bem à altura de como foi o resto da semana. Ah quase esqueci, não comi chocolate a semana toda, então tenho todo o direito de comer tudo que eu quiser hoje.

Chega, preciso ir dormir, amanhã meu dia começa cedo e sabe Deus quando vai terminar.

Tchau!

 

Dia 1: Bloqueio

Quinta-feira, e a sensação que eu tenho é que o dia não rendeu nada. É como um daqueles dias que você não sente vontade de fazer absolutamente nada, a unica vontade existente é de ficar deitado e esperar que o dia termine. Eu realmente me sinto assim hoje, vivendo no automático sem grandes vontades, mas ok, afinal todo mundo tem dias assim.

Acho que me sinto cansado mentalmente, é meu último ano de faculdade e meus prazos estão cada vez menores, e a sensação é que ainda falta muita coisa e que os dias não são suficientes. Esse cansaço com certeza acaba refletindo no meu trabalho, mas basta eu me lembrar de que amo o que faço para que todo o resto se torne insignificante. Eu sei que não deveria pensar assim em relação ao resto da minha vida, mas é que tem dias que é impossível não tentar esquecer o resto.

Hoje estou totalmente sem vontade de tecer elogios sobre o curso que escolhi pra mim, ao invés disso preciso dizer de que a faculdade é um lugar terrível e que faz as pessoas sofrerem. Claro que nada é tão ruim assim, mas especialmente hoje me sinto no direito de reclamar, afinal grande parte desse meu cansaço mental de hoje é graças ao temido trabalho de conclusão de curso, que hoje considero como uma maquina de tortura.

Tchau!